Arquivo de Maio, 2009

23º Ciclo de Cinema Histórico: Sessões “D” Segunda Guerra

Posted in Ciclo de Cinema Histórico, Cinema de Guerra, Drama on 15/05/2009 by cinemacc

ciclo 23 folder

Primeiramente minhas desculpas àqueles que acompanham este blog pela ausência de posts. Mas, às vezes, a falta de inspiração, tempo e organização acabam chocando-se com resultados como este: o desaparecimento sem justificativas do mundo virtual.

Felizmente quase tudo é reparável em se tratando de mídia. E postamos aqui com certa defasagem a notícia do XXIII Ciclo de Cinema Histórico: Sessões “D” Segunda Guerra, que será realizado no Auditório do CCSH-Centro, entre os meses de Maio e Julho, com entrada franca e com certificados aos participantes de 75% do evento.

Tal como os Estados Unidos que adentrou na Segunda Guerra apenas após sofrer danos bélicos e logísticos (pelo menos essa é justificativa atribuída cinematograficamente e historicamente a entrada norte-americana no conflito), aqui no blog também divulgamos o evento apenas quando o Tio Sam levantou-se e caminhou para os campos de batalha…

Claro que os filmes selecionados são obras que contemplam muito mais do que apenas revelar a ação dos Estados Unidos. Buscando em um perspectiva histórica do conflito, desde o início da década de 1930 até o posterior ataque à Nagasaki e Hiroshima, as obras revelam uma guerra em cada um, seja pela  propaganda, seja pela ficção patriótica, seja pelo retrato histórico de táticas de combate, seja pelo filme pacifista, seja pelo que for, a seleção alcança o cerne da questão Segunda Guerra Mundial enquanto cinema histórico e enquanto entretenimento.

O ciclo tem como objetivo pretende, a partir de uma perspectiva histórica dos eventos da Segunda Grande Guerra Mundial, procurando cumprir com uma sequência cinematográfica de obras de propaganda, documentários e ficção que contemplem, os principais momentos dessa guerra, diversificando as propostas estéticas e temáticas dos produtores e compondo um cenário adequado das relações entre cinema e guerra.

“A maior glória de uma guerra é sobreviver a ela”, essas palavras do diretor e ex-combatente da Segunda Guerra Mundial Samuel Fuller são um retrato do quanto a história de uma guerra é suja, repleta de dor, perda e desumanidade que em muitos casos ficam sob o véu frio das estatísticas ou como uma visão meramente político-econômico em que o homem é uma peça de um jogo em que conhecer o vencedor geralmente não possui glória alguma.

MAIO
11 de Maio de 2009, 19h15min, segunda-feira
Tag der Freiheit – Unsere Wehrmacht (O dia da liberdade)
Direção: Leni Riefenstahl
Alemanha, 1935, P&B, 15 min.
Com: Adolf Hitler, Rudolf Hess, Hermann Göring, Werner von Blomberg, Werner von Fritsch.
O filme: “Registro em curta-metragem de propaganda nazista, com cenas de revista das tropas nazistas.”
Macc Avaliação: 7,5

11 de Maio de 2009, 19h30min, segunda-feira
Prelude to War (Prelúdio de uma guerra)
Direção: Frank Capra; Anatole Litvak
Estados Unidos, 1943, P&B, 53 min
Com: Walter Huston (narrador), Anthony Veiller (narrador), Benito Mussolini, Adolf Hitler, Hirohito, Max Schmeling.
O filme: “Documentário de propaganda anti-fascista, mas principalmente alinhada a ideologia liberal norte-americana, que relata o avanço de Itália, Japão e Alemanha antes da eclosão ‘oficial’ do conflito.”
Premiações: Academy Awards®: Melhor documentário.
Comentários: Juliano Luis Palm
Macc Avaliação: 8,5

12 de Maio de 2009, 19h, terça-feira
Battle of Britain (A batalha britânica)
Direção: Guy Hamilton
Inglaterra, 1969, Color, 133 min.
Com: Michael Caine, Trevor Howard, Curd Jürgens, Ian McShane, Laurence Olivier, Christopher Plummer, Robert Shaw.
O filme: “Quando a Luftwaffe alemã bombardeia a Inglaterra tem início uma das mais importantes batalhas aéreas da Segunda Guerra, em que Real Força Aérea, em inferioridade numérica, desafiou a lógica, enfrentando o poder nazista.”
Premiações: BAFTA: Indicado Trilha para filme.
Comentários: Rondon de Castro
Macc Avaliação: 8

13 de Maio de 2009, 19h, quarta-feira
You, John Jones! (Você, John Jones)
Direção: Mervyn LeRoy
Estados Unidos, 1943, P&B, 10min
Com: James Cagney, Ann Sothern, Margaret O’Brien.
O filme: “Curta-Metragem de propaganda aliada. Trabalhador cuida da segurança de uma cidade norte-americana, quando vê a guerra chegando à sua terra, pondo em risco sua família.”
Macc Avaliação: 8

13 de Maio de 2009, 19h15min, quarta-feira
Cross of Iron (Cruz de Ferro)
Direção: Sam Peckinpah
Inglaterra/Alemanha, 1977, Color, 132 min.
Com: James Coburn, Maximilian Schell, James Mason, David Warner, Klaus Löwitsch.
O filme: “A obsessão de um comandante prussiano que busca a Cruz de Ferro para manter a honra de sua família e a luta dos soldados alemães pela sobrevivência no front soviético são caminhos que apenas o cinema de Peckinpah poderia percorrer de forma consciente.”
Comentários: José Iran Ribeiro
Macc Avaliação: 9

14 de Maio de 2009, 19h, quinta-feira
Idi i Smotri (Vá e veja)
Direção: Elem Klimov
União Soviética, 1977, Color/P&B, 142 min.
Com: Aleksei Kravchenko, Olga Mironova, Liubomiras Lauciavicius, Vladas Bagdonas.
O filme: “Obra sensível e selvagem que narra a trajetória Florya, um jovem separado de seus comandantes durante a Segunda Guerra Mundial, no front soviético. Filme impressionante; uma poesia sobre dor e perda”
Comentários: Paulo Aukar
Macc Avaliação: 10

15 de Maio, 19h, sexta-feira
From Here to Eternity (A um passo da eternidade)
Direção: Fred Zinnemann
Estados Unidos, 1953, P&B, 118 min.
Com: Burt Lancaster, Montgomery Clift, Deborah Kerr, Donna Reed, Frank Sinatra.
O filme: “Talvez o beijo mais famoso da história do cinema, atuações brilhantes e roteiro interessante que revela o que se passava em Pearl Harbor antes do ataque japonês. O ato ficou conhecido pela infâmia e o filme pela inspiração dos realizadores.”
Premiações: Academy Awards®: Melhor Filme, Diretor, Roteiro, Ator Coadjuvante (Frank Sinatra), Atriz Coadjuvante (Donna Reed), Edição, Fotografia em Preto e Branco Som. Indicado: Ator (Montgomery Clift), Ator (Burt Lancaster), Atriz (Deborah Kerr), Trilha sonora, Figurino em Preto e Branco. BAFTA: Indicado: Filme Estrangeiro. Cannes Festival: Prêmio Especial (Fred Zinnemann). Indicado ao Grande Prêmio do Festival. Golden Globes®: Melhor Diretor, Ator Coadjuvante (Frank Sinatra).
Comentários: Jair Alan
Macc Avaliação: 9

JUNHO
04 de Junho de 2009, 18h50min, quinta-feira
Der Fuhere’s Face (Vida de nazista)
Direção: Jack Kinney
Estados Unidos, 1942; Color; 8 min.
Com: Clarence Nash (Voz).
O filme: “Curta-metragem e propaganda de animação, que revela a exploração do trabalhador e do cidadão nazista a partir do protagonista Pato Donald.”
Premiações: Academy Awards®: Melhor Curta Metragem de Animação.
Macc Avaliação: 10

04 de Junho de 2009, 19h, quinta-feira
Enemy at the Gates (Círculo de fogo)
Direção: Jean-Jacques Annaud
Estados Unidos/Alemanha/Inglaterra/Irlanda, 2001, Color, 131 min.
Com: Jude Law, Ed Harris, Rachel Weisz, Joseph Fiennes, Bob Hoskins, Ron Perlman.
O filme: “A batalha de Stalingrado, pelos olhos ocidentais. Em 1942, os nazistas invadem a União Soviética de maneira brutal. Até chegar a Stalingrado, que resiste. Enquanto a cidade arde em chamas, dois soldados inimigos começam uma guerra particular por coragem, honra e pela Nação.”
Comentários: Sérgio Prieb
Macc Avaliação: 8

05 de Junho de 2009, 18h, sexta-feira
D-day Revisited (O dia D revisitado)
Direção: Darryl F. Zanuck
Estados Unidos, 1968, Color/P&B, 51min.
Com: Darryl F. Zanuck.
O filme: “Documentário dirigido pelo famoso produtor hollywoodiano Darryl F. Zanuck, que já havia produzido o importante ‘O mais longo dos dias’ (exibido no Segundo Ciclo de Cinema). Imagens raras de arquivo e muito patriotismo em questão.”
Macc Avaliação: 8

05 de Junho de 2009, 19h, sexta-feira
D-day the Sixth of June (O dia D)
Direção: Henry Koster
Estados Unidos, 1956, Color, 106 min.
Com: Robert Taylor, Richard Todd, Dana Wynter, Edmond O’Brien, John Williams.
O filme: “Dois oficiais estão na linha de frente em 6 de junho de 1944, na invasão da Normandia. E como ambos estão apaixonados pela mesma mulher, o dia da luta também determinará qual dos dois voltará para os braços da amada.”
Comentários: Neandro Vieira Thesing
Macc Avaliação: 8,5

08 de Junho de 2009, 19h, segunda-feira
Five Graves to Cairo (Cinco covas no Egito)
Direção: Billy Wilder
Estados Unidos, 1944, P&B, 96 min.
Com: Franchot Tone, Anne Baxter, Akim Tamiroff, Erich von Stroheim, Peter van Eyck.
O filme: “Junho, 1942. Os ingleses são derrotados pelo general Rommel no Egito, deixando para trás John Bramble, um militar que se refugia em um hotel, que se torna um centro de operações alemãs. A Inglaterra depende de John que, assumindo uma identidade falsa, passa a tentar descobrir os planos nazistas. Ótimo filme de ficção produzido no calor da guerra.”
Premiações: Academy Awards®: Indicado: Edição, Direção de Arte em Preto e Branco, Fotografia em Preto e Branco.
Comentários: André Fertig
Macc Avaliação: 8,5

09 de Junho de 2009, 18h30min, terça-feira
The Big Red One (Agonia e glória)
Direção: Samuel Fuller
Estados Unidos, 1980, P&B/Color, 160 min.
Com: Lee Marvin, Mark Hamill, Robert Carradine, Bobby Di Cicco, Kelly Ward, Stéphane Audran, Siegfried Rauch.
O filme: “Filme emblemático. Um sargento conduz seu pelotão lutando desde o Norte da África até a Normandia, cruzando toda a Europa. A obra funciona como o diário de combate do esquadrão, mostrando como se lutou, como se suou e sangrou na guerra e, talvez, como foi possível sobreviver a ela.”
Premiações: Cannes Festival: Indicado Palma de Ouro.
Comentários: Tales Henrique Albarello
Macc Avaliação: 10

10 de Junho de 2009, 18h30min, quarta-feira
The Bridge on the River Kwai (A ponte do rio Kwai)
Direção: David Lean
Inglaterra/Estados Unidos, 1957, Color, 161 min.
Com: William Holden, Alec Guinness, Jack Hawkins, Sessue Hayakawa, James Donald, Geoffrey Horne.
O filme: “Front asiático. O Japão reina sobre um grande território. A obra focaliza as tensões surgidas em um campo de prisioneiros britânicos que são obrigados a construir um ponte sobre o rio Kwai. A trilha sonora de Maurice Jarre é excepcional e inesquecível, assim como o conjunto da obra.”
Premiações: Academy Awards®: Melhor Filme, Diretor, Ator (Alec Guinness), Fotografia, Edição, Trilha sonora, Roteiro. Indicado: Ator Coadjuvante (Sessue Hayakawa). BAFTA: Melhor Filme, Filme Britânico, Ator (Alec Guinness), Roteiro Britânico. Golden Globes®: Melhor Filme – Drama, Diretor, Ator – Drama (Alec Guinness). Indicado: Ator Coadjuvante (Sessue Hayakawa). Grammy: Indicado Trilha Sonora.
Comentários: Camila dos Santos
Macc Avaliação: 9

JULHO
1º de Julho de 2009, 18h, quarta-feira
Broken Silence: Algunos que Vivieron (Rompendo o silêncio: Alguns que viveram)
Direção: Luis Puenzo
Argentina/Estados Unidos, 2002, P&B/Color, 55 min.
Com: Jack Fuchs, Liza Zajak-Novera, Robert Lamberg, Benjamin Mehl, Alejandro Horvath.
O filme: “Este filme faz parte de uma série de cinco documentários sobre o Holocausto. Produzido por Steven Spielberg o filme de Luis Puenzo é um emocionante retrato dos horrores da Segunda Grande Guerra sob o ponto de vista de quem o vivenciou de perto e sobreviveu para alertar o mundo.”
Comentários: Fabricio Flores Fernandes
Macc Avaliação: 8,5

1º de Julho de 2009, 19h30min, quarta-feira
Rádio Auriverde (Rádio auriverde)
Direção: Sylvio Back
Brasil, 1990, P&B, 70 min.
Com: Imagens de arquivo e transmissões de rádio.
O filme: “Documentário que, a partir de imagens, fotos e sons, procura revelar a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Itália, valendo-se do deboche e da crítica em relação a real contribuição do Brasil e da aproximação com os Estados Unidos.”
Comentários: Oscar de Oliveira Siqueira
Macc Avaliação: 8

02 de Julho de 2009, 19h, quinta-feira
Paisà (Paisá)
Direção: Roberto Rossellini
Itália, 1946, P&B, 134 min.
Com: Carmela Sazio, Robert Van Loon, Dots Johnson, Alfonsino Pasca, Maria Michi, Harriet Medin.
O filme: “Obra do neo-realismo italiano que cobre o período da invasão aliada de 1943 até o inverno de 1944, na Itália. O humanismo do filme é revelado a partir de dramas pessoais, de acertos e enganos estratégicos e da aproximação entre o natural e ficcional em Rossellini.”
Premiações: Academy Awards®: Indicado Roteiro. BAFTA: Indicado Filme Estrangeiro.
Comentários: Glaucia Vieira Ramos Konrad
Macc Avaliação: 9

03 de Julho de 2009, 19h, sexta-feira
Gembaku no ko (Filhos de Hiroshima)
Direção: Kaneto Shindo
Japão, 1952, P&B, 97min
Com: Nobuko Otowa, Osamu Takizawa, Niwa Saito.
O filme: “Obra-prima do cinema ‘poético’ japonês que revela a vida de pessoas simples depois do horror da Segunda Guerra em Hiroshima. Um filme produzindo ainda sob o impacto da bomba que ressoa até hoje na memória”.
Premiações: BAFTA: Melhor Filme Estrangeiro; Cannes Festival: Indicado ao Grande Prêmio do Festival.
Comentários: Rodrigo Lopes
Macc Avaliação: 9

23 Ciclo